melodious expression

10 de abril de 2011

#14 LETTER TO SOMEONE YOU'VE DRIFTED AWAY FROM

«Primeiro queria começar por agradecer este testamento lindo, que até os meus olhos brilhavam! Está bastante mas mesmo bastante querido e amoroso, que nem tenho palavras! 
Bebé, desde que te conheci evoluis-te bastante, desde uma simples conhecida, para uma simples amiga, até agora uma grande mas grande amiga! Fizeste-me crescer, pois aprendemos com tudo, e desde o dia que tenho começado a falar contigo vi que eras uma pessoa excelente, uma pessoa extremamente querida, muito preocupada, respeitadora, calma, com interesses, atenciosa, uma pessoa onde vê-se que merece o nosso respeito, a nossa atenção! És tanto que já não te consigo descrever! Tornaste-te para mim, uma pessoa especial, onde possa confiar em ti, onde tenha alguém que me apoie, e nisso podes crer que te venero, que te admiro bastante! Agora amor, a única coisa que te posso dizer, é um AMO-TE ! E um eterno OBRIGADO !»

Lembraste disto? 
Eu lembro-me muito bem, tal como tivesse sido à dois dias atrás. Lembro-me da nossa cumplicidade, daquilo que trocávamos e partilhávamos. Do que começaste a tornar-te para mim, da confiança que depositei em ti. Durante semanas foste como um verdadeiro irmão, com quem podia desabafar sem medos, a quem podia dizer tudo sem receio, com quem podia ser sincera e directa. Da alegria que tinha, e do brilhar dos meus olhos!
Tentei apoiar-te, aprender a compreender-te e a conhecer-te cada vez melhor, fiz com que te sentisses bem, e tu fizeste com que crescesse um pouco.
À medida do tempo começaste a tornaste-te fundamental no meu dia-a-dia, fiz da tua presença o meu presente. 
Desde do inicio dizia que eras bem diferente de todos os rapazes, tinhas algo que te diferenciava dos outros. Havia pessoas que concordavam, outras que diziam para eu abrir os olhos que eras igual a todos os outros, mas eu defendia-te, pois acreditava no que dizia! 
Quis acreditar que nunca me irias desiludir, que estarias sempre aqui para me apoiar, mas para não variar enganei-me a teu respeito e talvez iludi-me... 
Quando comecei a acreditar em ti sem duvidas algumas, no momento a seguir houve uma enorme desconfiança em ti da minha parte, comecei a achar que já não eras aquela imagem que me mostravas ser, que aquela pessoa por quem tinha uma enorme admiração, talvez não passe de uma imagem que desenhei tua.
Disseste-me coisas bonitas, que me fazia sentir bem, que fez com que ficasse com a tua marca, e que de um certo modo deu-me mais confiança.
Mas nesta história, houve um conflito, e foi a partir daí que tudo se tornou escasso. Afastámos-nos  tanto, que agora nem falamos. Sinto falta de falar contigo, mas sem coragem para o fazer, o medo que existe em mim de ser desprezada é mais forte que a vontade. 
Eu admito; eu tenho saudades tuas! 
Queria voltar atrás, para reviver certas coisas, queria ter outra vez a sensação que tinha alguém especial a meu lado, queria finalmente satisfazer a minha vontade de te chamar "irmão" com certezas e sem medos de te perder, de te voltar a agradecer com um sorriso enorme, queria continuar a partilhar coisas contigo, simplesmente queria-te de volta, queria a tua amizade, o teu carinho! 
Será que é pedir muito?! 
Sinceramente acho que não, e eu gostava muito de ter o menino que escavou o meu coração, para obter um espaço lá, que presentemente está vazio, à espera que voltes!
Por mais tempo que passe, eu ainda posso dizer que gosto muito de ti 

From: David Benito

16 comentários:

Isabel disse...

Está lindo, lindo *.*

I and I are forever disse...

gosto muito :D

Anica disse...

estou a adorar o teu blog.
é tão acolhedor! faz-me sentir confortável e é tão "suave" e "calmo" gostei muito das imagens! parabéns, escreves muito bem!
a seguir*
beijinho

Patrícia Martins disse...

Amo o teu blog.
Está Lindo *.*

, Pipoca'a ☮ disse...

Adorei o blog. Sigo, também me acompanhas? Beijinhos

Maria disse...

Adorei.
Não tenhas medo de lhe falar. Mesmo que depois ele te despreze fizeste o que querias e não te poderás lamentar por não teres tentado porque pelo menos tentaste.

Rafaela disse...

Amor,es um doce,sem duvida! A maneira que escreves nao se compara a ninguem,es unica. Adoro ler os teus textos ... muitas vezes fazes parte da minha inspiracao. Adoro o blog,admiro os textos mais que tudo,adoro! (: beijinhos,miss you :c

marisa machado disse...

que blog tão fofiiii *.*

, Pipoca'a ☮ disse...

Obrigada querida (:

Anica disse...

não tens de agradecer, querida, é a pura das verdades $:
um beijinho!
(se quizeres clica gosto na minha página do blog no facebook, está lá o link) (:

Maria disse...

Exacto. E ainda bem que as coisas ficaram melhores (:

Patrícia Martins disse...

De nada :D

Anica disse...

obrigada minha querida!
um beijinho

Camila disse...

Que fofo. O amor é mesmo lindo.

Patríciaa disse...

Querida, adorei simlesmente (:

Cláudia Matos disse...

Que lindo e romântico!